Fim da CPMF interrompe avanços na Saúde, diz Lula

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Fim da CPMF interrompe avanços na Saúde, diz Lula

Mensagem por Admin em Qui Dez 27, 2007 6:21 pm

Fim da CPMF interrompe avanços na Saúde, diz Lula
O presidente fez um pronunciamento em cadeia nacional de rádio e televisão nesta quinta.
Ele fez apelo para que se encontre saída para o rombo de R$ 40 bilhões.
TIAGO PARIZ Do G1, em Brasília entre em contato

Ao fazer um balanço positivo dos resultados de 2007 nesta quinta-feira (27) e anunciar que a economia deve crescer mais de 5% este ano, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva lamentou que o fim da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) prejudique avanços na Saúde.

"No começo de dezembro, lançamos o PAC que destinaria até 2010 mais de R$ 24 bilhões para o setor [da saúde]. Entre outras coisas, todas as crianças das escolas públicas passariam a ter consultas médicas regulares, inclusive com dentistas e oculistas. Infelizmente esse processo foi truncado com a derrubada da CPMF, responsável em boa medida pelos investimentos em Saúde", disse o presidente Lula em pronunciamento em cadeia nacional de rádio e televisão.

Ele afirmou que respeita a decisão do Senado e fez um apelo para que governo, sociedade e Congresso encontrem uma saída para o rombo de R$ 40 bilhões provocado no Orçamento pelo fim do "imposto do cheque".

"Como democrata, respeito a decisão tomada pelo Congresso. E estou convencido que o governo, o Congresso e a Sociedade, juntos encontrarão uma solução para o problema", disse Lula em cadeia de rádio e televisão.

O começo do pronunciamento foi destinado a comemorações. Lula citou a queda no desemprego, o aumento da renda, e o fato de que 20 milhões de pessoas deixaram as classes D e E, de baixo consumo, em direção a classe C nos últimos cinco anos.

"Já podemos dizer com certeza que nossa economia cresceu mais de 5% em 2007. E em 2008 será também muito bom, pois estamos iniciando o ano com um ritmo bem vigoroso", disse.

Avanços do governo

O presidente afirmou que as conquistas na economia são fruto de ações do governo e na confiança de trabalhadores e empresários num futuro próximo. "As boas notícias na economia e em outros setores criaram um novo clima no país. Hoje há mais brasileiros olhando para o futuro com esperança. Nada disso está ocorrendo por acaso. É fruto do trabalho e das escolhas feitas pelo povo e pelo governo", disse.

E ressalvou: "Volto a repetir que sou, ao mesmo tempo, o mais satisfeito e o mais insatisfeito dos brasileiros. Satisfeito porque fizemos muito, e, insatisfeito, porque ainda é pouco diante do tamanho da nossa dívida social."

Educação e segurança

O presidente listou as medidas que o governo adota na educação, como o Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), e reafirmou que até 2010 pretende aplicar R$ 12 bilhões nos ensinos médio e fundamental. "Reforçando os salários do professores e equipando as escolas. E estamos abrindo 10 novas universidades públicas, 48 extensões universitárias no interior e 214 escolas técnicas em todo o país", afirmou o presidente.

Lula disse que será lançando um novo programa educacional para aumentar o acesso à universidades federais, com 400 mil novas vagas, nos próximos quatro anos.

Para contornar a violência nos estados, o presidente comentou que deseja estreitar a colaboração das forças de segurança. "Queremos estreitar ainda mais a colaboração com os estados. Reforçamos a inteligência policial, organizamos a Força Nacional de Segurança Pública e Fortalecemos a Polícia Federal", disse.
avatar
Admin
Admin
Admin

Masculino Número de Mensagens : 311
Idade : 27
Localização : São Gonçalo\Rio de Janeiro
Data de inscrição : 10/12/2007

Ver perfil do usuário http://forumevagelico.forumeiros.net/portal.htm

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum