Exame de lutador deu positivo para consumo de droga, diz méd

Ir em baixo

Exame de lutador deu positivo para consumo de droga, diz méd

Mensagem por Admin em Sab Dez 15, 2007 8:53 am

Exame de lutador deu positivo para consumo de droga, diz médico
Psquiatra de Ryan Gracie fez exame em cliente ao chegar em delegacia.

Ryan Gracie foi achado morto na cela do 91º DP

O médico psiquiatra Sabino Ferreira de Faria, que prestava assistência ao lutador de jiu-jítsu e vale tudo Ryan Gracie, disse na manhã deste sábado (15) que, logo após ser preso, seu cliente foi submetido, por ele, a um teste rápido que apontou o uso de pelo menos três tipos de drogas. "Deu um traço de benziozepínico e ele afirmou que tomou Flotal (medicamento). Deu um traço para cocaína, que pode ser combinada com crack e ele afirmou que tinha tomado 'no cano' (injetado) e aspirado. Ele comentou também que fez uso de narcóticos".

O psiquiatra afirmou que já tinha atendido o lutador em outras ocasiões e que foi chamado pela companheira de Gracie para atendê-lo depois que ele foi preso. O médico disse que passou toda a noite próximo a Ryan, mas que foi notificado do óbito quando já estava voltando para casa, em Atibaia, na Grande São Paulo.

Segundo Sabino, durante o tempo que esteve com Gracie, ele administrou diversos medicamentos tranqüilizantes para acalmá-lo. Ainda segundo o médico, antes de ir embora do 91º DP, ele se despediu do lutador, que estava sonolento, mas ainda acenou para ele com um beijo.

O lutador também foi submetido a um exame toxicológico no IML central na madrugada deste sábado, mas, segundo a Secretaria de Segurança Pública, o resultado ainda não foi divulgado.

Advogado

Já o advogado do lutador, Rodrigo Souto, disse que, após passar por exames no Instituto Médico Legal (IML) central, o atleta foi medicado.

Souto disse que foi avisado às 9h de que o lutador havia morrido. Quando ele chegou à delegacia, encontrou o corpo sendo removido. Ainda de acordo com o advogado, o corpo de Gracie não apresentava nenhum sinal de violência.

Quando visitou seu cliente na noite da sexta-feira (15), ele disse que o lutador estava tranqüilo.

Encontrado morto

O lutador foi encontrado morto em uma cela do 91º DP. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), ele estava em uma cela sozinho.

O lutador foi encaminhado para o 91º DP, após ter realizado exame toxicológico no IML central por volta das 2h30. Ele chegou à delegacia da Vila Leopoldina às 3h. Segundo a delegada de plantão do 15º Distrito Policial Daniella Ranna, onde foi registrado o boletim de ocorrência do atleta por roubar um carro e tentar roubar uma moto, ele foi encaminhado para o 91º DP porque o local é uma delegacia de trânsito. De lá, ele seria encaminhado para o local “mais indicado”.

De acordo com a SSP, por volta das 7h, quando os policiais da delegacia foram fazer a revista nas celas dos presos, encontraram o lutador caído em um canto. Eles entraram e verificaram que ele estava morto

Prisão

De acordo com policiais que atenderam o caso, Gracie foi preso por volta das 13h30 portando uma faca de cozinha. A PM informou que a seqüência de problemas envolvendo o lutador começou com a tentativa de roubar um Toyota Corolla, no Itaim Bibi, logo após ele ter saído de casa.

Na fuga, ele bateu com o lado direito do pára-choque contra um banco de concreto na Avenida Henrique Chama. Logo em seguida, tentou roubar uma Fiorino branca e uma moto, quando foi detido no cruzamento da Henrique Chama com a Avenida Juscelino Kubitschek.

O motoboy Adriano da Silva Souza, de 29 anos, disse que o lutador o abordou e disse "desce da moto senão eu te mato". Souza contou que desceu da moto e entregou o veículo ao atleta, mas enquanto o lutador tentava ligar o veículo, outros motoboys se aproximaram e ajudaram Souza.

O motoboy disse que deu um golpe com o capacete na cabeça do lutador, que caiu no chão. Outros motoboys se aproximaram, imobilizaram Gracie e conseguiram pegar a faca que estava com ele. Pouco tempo depois, a polícia chegou e prendeu o suspeito.

Lutador

O lutador Ryan Gracie nasceu no Rio de Janeiro em 14 de agosto de 1974. De uma família de lutadores, Gracie ganhou cinco Prides, a Copa Company McDonald’s de Judô, o Panamericano de Jiu-Jitsu em 1997, peso pesadíssimo, o Campeonato Brasileiro de 1997 e o Campeonato Sem Quimono.

Ele era professor e proprietário de uma academia na Rua Gomes Carvalho 260, na Vila Olímpia, Zona Sul da capital.
avatar
Admin
Admin
Admin

Masculino Número de Mensagens : 311
Idade : 28
Localização : São Gonçalo\Rio de Janeiro
Data de inscrição : 10/12/2007

Ver perfil do usuário http://forumevagelico.forumeiros.net/portal.htm

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum